10 de nov de 2008

Criança de borracha

Esses brinquedos da China estragam com facilidade.

Um comentário:

Apenas isso... disse...

Jhuly, infelizmente não poderei te levar junto, pois na verdade não fugi para um lugar específico, mas percebi sim, que o melhor a se fazer é a cada dia tentar "assoprar" para mais longe estas preocupações, que persistem em envolver-me!
Algumas pessoas andaram falando para encarar, mas percebi que comigo isso não rola, posso ser fraca e tudo mais... mas o meu caminho está sendo esse... estou estudando o quanto posso - fazendo a minha parte - e mantendo a tranqüilidade e a atenção na hora dos exercícios - sem pensar que esse trabalho está sendo em vão e que não vai dar mais uma vez. Para quando chegar mais um dia de prova (estou tentando entrar para uma faculdade pública) essa nuvem negra não consiga desabar e limpar esse humilde conhecimento.
Independente do resultado, pretendo fugir no final do ano, mais espero que acompanhada da família ou amigos!
Cuide-se !! Sinta-se à vontade em escrever, pois estarei, sempre que possível, a disposição, pq sei quanto é ruim estar assim. A minha crise estava indo tb para o lado do sono... e quando mexi com ele foi o meu alerta para o desequilíbrio!

BJãoo