7 de set de 2008

O fofo da vez [027]

I wanna jam it with you...


(link)

obs.: muitas já sabem que o Yuri (meu gato) morreu essa semana.
Queria colocar uma foto dele, mas ainda não consigo ver as fotos...

10 comentários:

Carol disse...

Querida

Lamento muito pelo teu gatinho e sinto muito por ti, de verdade. Já passei por isso...
Tbém tenho um aqui em casa e contrariando ao que muitos falam, é um carinho que só quem tem gato sabe, é uma ligação diferente da canina, é um amor descompromissado mas muito, muiiiiiito especial.
Adorei o fofo da vez. O meu ta de niver hoje, 5 aninhos.


Beijos no teu coração.

Caroline

disse...

PQP, que merda. Sinto muito. Mesmo.
Pra gente que gosta de bicho, é fogo!
Linda a foto.

Afrodite disse...

Que chato...eu sempre tive vocação pra gatos!E por ter perdido muitos sei bem o que vc está sentindo tb!
Meu primeiro foi aos 6 anos!Hoje tenho a Preta,ela veio depois de 2 anos sem gato algum!Anterior a ela tive o Dominic que foi morto por conta de uma doença congênita e levei pelo menos 1 ano e meio pra me recuperar!Dói...mais do que muita gente acredita!E imagino que vc esteja passando ao lembrar dele...
Espero que sua tristeza passe logo e qd estiver em condições de adotar outro o faça!
Bjinho!

Jac disse...

eu não sabia!!! :( sinto muito. Cheguei a conhece-lo... ele tava doentinho?

beijo

jhulyjohns disse...

Pois é... O Yuri sempre foi o centro da atenção de todos aqui em casa. Ele era bem cara de pau, chegava visita ele pulava no colo e ficava ronronando... Até quem nunca gostou de gato, amolecia com o Yuri. Mas ele já estava velhinho, tinha 13 anos. Foi de repente, em poucos dias ele não quis mais comer, depois não queria mais sair da cama... Mesmo levando todos os dias no veterinário para dar remédio, soro e essas coisas, ele não aguentou. Morreu no lugar que ele mais gostava de estar: dentro do carro... :õ(

disse...

É uma merda mesmo, e não consigo te consolar com palavras bacanas pq não vai resolver. Sei pq até hoje sofro a ausência da Nina (3 anos), minha que dormia com a gente na cama, era a mimada da casa, nossa filha.
A casa ficou grande, vazia, sem vida. Apesar da presença dos outros dois, mas que ficam no canil.
Ju, arruma outro gato!
Um abraço carinhoso, como um gatinho!
(ah! que fofo: a palavra chave é: cluchuh - chuchu!!!)rs

DEKA disse...

O Yuri era recém-chegado quando comecei a frequentar a tua casa.... e tinha a Kinha e a Naná também.
Bem fofo! Aquela tua colocação "Até quem nunca gostou de gato, amolecia com o Yuri" foi para mim.... hehe

beijo

Jac disse...

pois é.. meu Mithy tem 14 anos. Vai ser ruim quando chegar a hora dele :(

jhulyjohns disse...

É... Já passaram tantos gatinhos aqui em casa. Agora tem a Neguinha (que acabou ficando com este nome depois que minha irmã se mudou e deixou ela aqui). Por enquanto não queremos outro além dela. E quem conhece a Neguinha sabe que ela vale por três!!!

(Deka, esta frase foi pensando em ti, lembro quando tu falou isso a primeira vez e outras pessoas falaram depois)

DEKA disse...

Eu conheço a Neguinha! E conheci o Nicolas também... que era bem arisco. Me arranhou uma vez... mas era muito fujão ele!

:-)