25 de ago de 2008

Atenção: conteúdo explícito

Assim como programas de televisão, filmes e álbuns de músicas, alguns livros também deveriam sair com um aviso sobre o conteúdo... Acho que o primeiro da lista seria a bíblia...


Atenção
: Está é uma obra de ficção. Não levar ao pé da letra.

Aviso quanto ao conteúdo: Contém trechos relacionados ou favoráveis ao suicídio, ao incesto, a zoofilia, ao sadomasoquismo, a práticas sexuais violentas, a assassinatos, a violência mórbida, ao uso de drogas e álcool, ao voyeurismo, a vingança, ao desrespeito a autoridade, a atos ilícitos, a violação aos direitos humanos e outros atrocidades.

Aviso quanto a exposição: Uma exposição prolongada, ou durante o período de formação da personalidade de uma criança, pode causar delírios, alucinações, diminuição da capacidade cognitiva e das faculdades de racionamento objetivo e, em casos extremos, levar a desordens patológicas, ódio, sectarismo e violência, sem limitar-se ao fanatismo, assassinatos e genocídio.

6 comentários:

disse...

PERFEITO!!!!

Afrodite disse...

UAU...Perfeito é pouco...está simplesmente DIVINO!
Só uma preucação:cuidado com grupos evangélicos!!!!Esse são os que mais agem dessa forma descrita!
Bjo!

jhulyjohns disse...

Estava há meses com este post no rascunho. Sempre me preocupando com a grande maioria católica que poderia entrar no blog para fazer uma sessão de descarrego para livrar o demônio deste post! Mas achei conveniente publicar essa semana com a discussão sobre a permissão ou não do aborto de bebês sem cérebro.

Eu fico imaginando a tristeza e angústia de uma mulher que descobre que o feto irá, com 100% de certeza, morrer logo depois do parto. E mesmo sabendo disso, ela será obrigada a carregar este bebê durante nove meses dentro dela porque Deus quer assim...

Quem disse que Deus quer assim? No tempo que Jesus (supostamente) morou na terra existia pré-natal para prever que o bebê iria nascer sem cérebro e Deus com suas labaredas de fogo desceu sobre os humanos e ordenou: "Não abortais os bebês que nascerem sem cérebro"?

Por que as pessoas religiosas sempre se metem em nome de Deus para impedir a evolução humana? Por que os religiosos não se metem no aquecimento global, por exemplo? Ou sei lá, na procura de um combustível alternativo? Ou na pesquisa de um plástico biodegradável?

Bom, chega de falar sobre isso, senão, segundo Mateus, capítulo 8, versículo 11: "não fazeis comentários prolongados em blogs pois não entrarás no reino dos céus".

Afrodite disse...

Tu é 10,menina...
Concordo com tudo que disse!Acho que o grande problema das instituições religiosas é que elas estão apavoradas com o conhecimento!Basta olhar pra trás e ver a quantidade de barbaridade foi feita em nome da religião, e tudo isso em nome de quem?Deus?Não!Dos homens,que sempre tem sede de PODER!
A única religião que vejo que não caí nesse tipo de erro é o Espiritismo(Kardecismo pra alguns!).
Não vemos pessoas enriquecerem nessa religião, vemos?Vide Chico Xavier...já as outras,nem comento!
Não gosto de falar muito pq logo acabo revelando meu rancor por todas essas religiões.Melhor parar por aqui!
bjo!

Leta disse...

Falou tudo Jhuly!!! Não sei o q comentar, mas tive q escrever aqui q concordo plenamente contigo!

disse...

Afrodite, adorei a definição DIVINO, até mesmo pelo "trocadilho"!. Mais perfeito que o meu "perfeito"! rs.

A bíblia é um livro como outro qualquer no sentido de que o leitor é que faz sua interpretação dos fatos. E é esse cuidado que qualquer ser tem que ter na hora de lê-lo, pois é muita analogia e cada um vai entender de acordo com suas verdades, convicções, conhecimentos, entendimentos e limitações.
Não, não li a bíblia, é muito sacal. Ainda não chegou o meu momento de iluminação!

E só pra constar: sou a favor da liberdade de escolha da mulher em relação ao aborto, em qualquer circunstância. Cada um sabe o que é melhor para si.