10 de mar de 2008

Clips - História

As vezes as histórias de como foram inventados certos objetos que usamos no dia a dia é bem interessante. Outras não, como a história dos clips que usamos para prender os papéis. Se eu tivesse nascido em 1867 (data da invenção) eu teria dobrado um pedaço de metal e teria patenteado para ganhar uma grana, ao invés do Samuel Fay, que levou todas as honras (leia a história aqui). Depois dele, cada modelo de clips que ia sendo inventado, ganhava exclusividade para ser produzido somente por quem inventou. Entretanto, todos seguiam as mesmas características, que eram incríveis para a época:

- não prendem definitivamente, não destroem e não rasgam os papéis;
- não se prendem entre sí dentro da caixa;
- conseguem prender grande espessura de papéis empilhados;
- seguram firmemente os papéis;
- são pequenos e fáceis de serem armazenados;
- são fáceis de serem manuseados;
- são leves;
- são baratos para serem fabricados.

A maioria desses modelos existem até hoje! É só dá uma olhada nas lojas que você vai ver os mesmos clips de 1800 e tantos sendo vendidos ali na papelaria da esquina.

O primeiro de Samuel Fay, 1867:


1877:


1894:


1897:


1900:


1904:


1908:


1920:


1934:


(fotos do Office Museum - tomara que o pessoal desse museu não me xingue porque estava escrito bem grande "PROIBIDO COPIAR AS FOTOS", mas tinha uma observaçãozinha que dizia "caso você divulgue as fotos, coloque o link do museu". Ta aí ó seu dono do museu.)

3 comentários:

Anônimo disse...

Bom eu acho muito interessante você ter feito esta matéria com os clips porque seu ñ achasse a minha professoara ia "me matar"


OBRIGADA MSM!!!!

de Ariane

jhulyjohns disse...

Oi pessoa! Você pode encontrar muitas outras informações sobre clips no link do museu. Também tem informações no Google, principalmente em inglês se você procurar por "paper clips". Se precisar de mais coisas, pode pedir. Obrigada por visitar o blog.

Anônimo disse...

obrigado deu uma grande ajuada , se não descobrisse istoa tinha 0 non trabalho