13 de fev de 2008

Tanquinho

Quando éramos pequenas (eu, minha irmã e minha prima) costumávamos passar o final de semana na casa da minha vó. Nossa maior diversão nos dias frios ou de chuva era tirar todas as roupas do guarda-roupas dela e vestir. Quando fazia sol, nós pegávamos as colheres que achávamos na casa e íamos cavocar na areia (hoje, uns vinte anos depois, minha vó diz que de vez enquando ainda acha colheres debaixo da terra). O pior de tudo isso era a sujeira que fazíamos. Ficávamos feito porquinhos na lama. Para facilitar o trabalho, ela colocava nós três dentro do tanque e nos deixava de molho. Esses dias eu passei na frente do tanque dela (que ainda é o mesmo) e fiquei imaginando como nós três cabíamos alí?! Se fosse nos dias de hoje, ela teria muito menos trabalho com esse super tanquinho porque é só colocar as roupas sujas, ou no caso, as crianças sujas, que ele se fecha sozinho e enche de água. Não é uma máquina de lavar porque ele não lava sozinho, ele é só um simples tanque moderno, naquele furinho de cima vai a "pena" (é como minha vó chama a torneira).

Tanque moderno da casa da vó.

Tanque moderno do Carlo Casagrande (não é o comentarista chapado da Globo).

Nenhum comentário: