8 de fev de 2008

Passa no mercado e compra um vidro de “marionese”

Estava lendo uns blogs por aí e encontrei o Update or Die. Quase tive um treco de tanto rir quando li este post sobre bobagens que a gente fala ou escuta de vez enquando. Lembrei de uma época boa que chegava em casa com dor na barriga de tanto rir depois de sair com os amigos... Pena que esses encontros são cada vez mais raros...
Algumas frases do blog, entra e lê as outras... Depois lê os comentários que tem mais coisas engraçadas.

No antigo Egito parece que o pessoal trabalhava 52 horas por dia. (Ricardo Barcelos)

Você começa a apresentação assim: ladies and germanies. (Alessandra Zanetti)

O cara foi ordenhado padre. (Andréa da Costa Silva)

Sabe aqueles caras que tiram fotos na rua, os Mela-Mela? (Adriana de Gennaro)

Águas passadas não removem montanhas. (Gabriela Guerra)

Estou tão atrapalhada que perdi o rumo da fiada. (Luíza)

Eu nunca consigo terminar o Resta Um, sempre fica um no final. (Pedro Pereira)

Mandaram fazer autópsia pra provar que o cara não morreu. (Carlos Pinto)

Meu, eu vou chutar o pau da baiana. (Karine)

O portão da minha casa é vasculante. (Tadeu Martines)

Eu queria tanto ver uma estrela carente. (Carla Tavares)

Lá em casa eu sou considerado a viúva-negra da família. (Marcio Man)

Uma árvore nunca cai duas vezes no mesmo lugar. (Deise Pereira)

A água estava zero grau abaixo de zero. (Patrícia de Oliveira)

Nenhum comentário: